àrea de notificações àrea de notificações àrea de notificações àrea de notificações

Nenhum outro registro encontrado!
Email enviado com sucesso!
Falha ao enviar o email!
27/07/2012 11h06

Briga de casal termina em morte de mulher

Durante discussão, homem mata companheira com golpes de foice na cabeça e costas; um segundo homicídio foi registrado em Santana do Paraíso menos de 10 horas depois

Mulher tentou se defender do assassino

 

IPABA – Dois homicídios foram registrados em menos de dez horas na região do Vale do Aço. O primeiro ocorreu na noite de quinta-feira (26), por volta de 19h30. A briga de um casal terminou com a morte da mulher, na rua Vila Rica, no bairro São José, em Ipaba. Durante a discussão, Maria da Cunha Aparecida Freitas, 37 anos, recebeu vários golpes de foice na cabeça e nas costas.
O principal suspeito do crime é o marido dela, J.P.F., de 36 anos. A polícia foi informada por populares que o homem estava agredindo a esposa e que ela gritava por socorro. Uma guarnição da PM foi até o local e, quando os militares entraram na residência, encontraram a vítima com ferimentos de foice, caída na copa, já sem vida.
Após golpeá-la, o suspeito foi visto fugindo em um Gol verde, placa GWB-6482.
A perícia técnica da Polícia Civil compareceu ao local e constatou que a mulher tentou se defender, lutando contra o agressor. Foram encontrados hematomas por todo o corpo da vítima, além dos cortes provocados pelo facão. Durante o rastreamento, uma guarnição comandada pelo enente Lázaro localizou o veículo utilizado na fuga na BR-458, no km 122, sendo removido ao pátio credenciado.

PARAÍSO
Outro assassinato ocorreu por volta de 2h da madrugada de ontem, em Santana do Paraíso. O corpo de Rubeche Alves de Oliveira, 18 anos, foi encontrado na rua Atheton, próximo ao número 325. Populares relataram à polícia que ouviram uma discussão nas proximidades do homicídio.
A vítima foi encontrada com o pescoço degolado, provocado por um objeto cortante. Rubeche havia saído há poucos dias do Ceresp de Ipatinga, onde cumpria pena pelo crime de tráfico de drogas. A PM acredita que a motivação do assassinato esteja ligada à dívida de entorpecentes.
No início da tarde de ontem, a Polícia Militar conduziu um suspeito para a Delegacia de Polícia Civil, em Ipatinga. Segundo a PM, a mãe da vítima disse que na terça-feira passada Rubeche teria recebido uma ameaça de morte caso não quitasse uma dívida de R$ 200, referente a drogas. “Ele ainda saiu do local e falou pra mãe da vítima que se Rubeche não pagasse, ele teria problemas. Segundo informações de populares, no local do crime, foi vista uma motocicleta vermelha com as mesmas características do veículo do suspeito. Por isso, nós estamos trazendo ele para a delegacia”, disse o sargento José Carlos.
O acusado confirmou ter uma motocicleta vermelha, mas não soube informar onde ela se encontra. Ele confessou que foi até a casa de Rubeche para cobrar a dívida, mas negou o assassinato.

COMPARTILHAR:
leia Edição Digital
assine agora!
25_07_2014_01_33_58 25_07_2014_01_33_58

últimas

Subir
Descer
» Publicidade
Banner Cenibra
PUBLICIDADE

Shopping

topo SIGA Fique por dentro das últimas notícias

Redação

Interag

Av Juscelino Kubitschek, 1290Jardim Panorama Ipatinga-MG / CEP:35164-245 - diariopopular.redacao@gmail.com

Telefone: (31)3827-0369

Google Maps
© 2000-2014. Jornal de Verdade.