Cidades

Ipatinga encaminha soluções para IML, Ceresp e APAC

IPATINGA – Soluções para uma série de problemas históricos relacionados com a segurança pública em Ipatinga começaram a ser construídas numa reunião do prefeito Nardyello Rocha com uma comissão constituída de representantes de diversos segmentos envolvidos com as demandas da área. O grupo estava acompanhado da vereadora Cassinha Carvalho, que conduziu recentemente uma audiência pública no Legislativo em busca de propostas para o setor.

Com o assessoramento da Procuradora Geral do município, Maria Alminda Guimarães, e do secretário municipal de Segurança e Convivência Cidadã (Sescon), Amador Francisco da Silva Neto, o prefeito determinou providências para agilização e liberação dos processos de registros cartoriais relacionados com os terrenos destinados à implantação do IML (Instituto Médico Legal) e sede da APAC (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado), nas proximidades do bairro Cidade Nova. Com o desembaraçamento dos documentos, estará aberto o caminho para as construções nas áreas doadas pelo município.

Outra instrução do prefeito foi no sentido de que os técnicos municipais acompanhem as lideranças na tomada de providências para viabilização da reforma do Ceresp – Centro de Remanejamento do Sistema Prisional, que foi destruído em uma rebelião e atualmente só recebe detentos do sexo feminino. A ideia é que seja canalizada para a obra uma verba de cerca de R$ 800 mil, disponibilizada por intermédio da Vara de Execuções Penais. A mão de obra para a construção seria dos próprios presos. Uma audiência deverá ser marcada com o secretário estadual de Segurança Pública para que se chegue a um desfecho quanto à medida.

RESSOCIALIZAÇÃO

Nardyello ainda adiantou que o governo municipal continuará apoiando o trabalho de ressocialização de presos na cidade, ampliando o contingente de beneficiados, tendo em vista que as ações já realizadas com o aproveitamento de um pequeno grupo liberado pela Justiça têm dado bons frutos. A cada três dias trabalhados, os presos fazem jus à remissão de um dia de pena e, assim, sua dedicação aos serviços em que estão sendo empenhados tem se revelado muito positiva e encorajadora, informou o prefeito.

CÂMERAS

O Executivo ainda aproveitou o encontro com as lideranças para adiantar a intenção do governo de instalar brevemente um sistema  com câmeras de segurança especiais que auxiliarão bastante o trabalho de prevenção à criminalidade nas vias públicas. “Nossa ideia é iniciar com a implantação de mil câmeras, mas queremos chegar a 2.500, o que possibilitará a cobertura de toda a cidade”, revelou.

Além da vereadora Cassinha Carvalho, participaram da reunião o advogado José Barbosa, representante da Comissão de Direitos Humanos da OAB-MG; Edson de Oliveira Cunha, em nome do Fórum dos Consep’s (Conselhos de Segurança Pública) da Região Metropolitana do Vale do Aço; o presidente da APAC, Luiz Fernando Costa; o diretor de Segurança do Centro Socioeducativo de Ipatinga, Reginaldo Cotta; os agentes de Programas de Prevenção Social à Criminalidade, Marta Florença de Souza Coridola e Carlos Passos, e o líder da Pastoral Carcerária na Paróquia São Geraldo, Lázaro Alexandre de Sousa.

Você também pode gostar